• Servi Imagem

TELEMEDICINA NA PANDEMIA DO CORONAVÍRUS

O Ministério da Saúde publicou uma portaria regulamentando o uso da telemedicina no Brasil enquanto persistir o combate ao coronavírus no país. A norma, de caráter excepcional, autoriza suporte médico à distância por meio da internet, através de softwares ou plataformas específicas. Dias antes, em 19 de março, o Conselho Federal de Medicina também havia liberado o uso da ferramenta. A telemedicina facilita a troca de experiências entre equipes médicas, o que deve auxiliar principalmente o combate em locais mais remotos, que devem ser atingidos pelo vírus depois de grandes centros e onde as equipes são mais reduzidas. A ideia é que o mecanismo sirva para reduzir a demanda por consultas iniciais presenciais, e que permita que médicos alocados em regiões diferentes das dos pacientes possam atendê-los.


0 visualização0 comentário