• Servi Imagem

SONO RUIM GERA TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS

Falta de um horário determinado para dormir e o uso de aparelhos eletrônicos até tarde são alguns dos fatores que levam a bebês e crianças a não conseguirem ter uma boa noite de sono. Além de afetar o crescimento, pesquisadores ingleses da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, estão relacionando problemas na saúde mental na adolescência com a baixa qualidade do sono durante a infância. O estudo contou com dados de aproximadamente sete mil adolescentes e foi o primeiro a sugerir a relação entre distúrbios do sono na infância e transtornos psiquiátricos na adolescência.

Os estudiosos notaram que a ocorrência de surtos psicóticos - enfermidade que impossibilita a pessoa definir o que é real ou não - em crianças com 12 e 13 anos, pode estar ligada a hábitos irregulares de sono e dificuldade em dormir. Além disso, aquelas que dormiam mais tarde apresentaram mais casos de transtorno de borderline, distúrbio psiquiátrico caracterizado pela instabilidade no humor e comportamento.

A análise levou em conta outros fatores que podem estar relacionados a esses transtornos, como problemas familiares e abuso infantil. Entre as descobertas feita pelos pesquisadores é que a depressão, observada especialmente aos dez anos de idade, também está relacionada com a má qualidade do sono.


Fonte: UOL - VIVA BEM


0 visualização0 comentário