• Servi Imagem

RELAÇÃO ENTRE CÂNCER DE COLO DO ÚTERO E HPV

O câncer de colo do útero é o terceiro tumor maligno mais frequente entre as mulheres (atrás somente do de mama e do colorretal) e a quarta causa de morte feminina por câncer no Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

O HPV (Papilomavírus Humano) é um vírus sexualmente transmissível e bastante comum. Todas as pessoas sexualmente ativas provavelmente terão contato com ele ao longo da vida.

Existem muitos tipos de HPV e a vacina protege contra aqueles considerados de alto risco, ou seja, os que costumam evoluir para um câncer. Por isso, é fundamental que a imunização seja feita corretamente, preferencialmente antes do início da vida sexual (ou seja, da possível exposição ao vírus).

A vacina contra o Papilomavírus Humano, o HPV, vírus causador do câncer, está disponível gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Prevenir o câncer de colo do útero não se resume a tomar a vacina. A realização do exame Papanicolau consegue identificar a presença de lesões ainda na fase pré-maligna, antes de evoluírem para um câncer. Nesse estágio, o tratamento é capaz de promover a cura na maioria dos casos e não requer remoção do útero. Fazer o exame regularmente é fundamental para diagnosticar as lesões ainda na fase inicial, já que os primeiros sintomas só aparecem quando o problema alcança um estágio mais avançado, normalmente maligno e com bem menos chance de cura.


2 visualizações0 comentário