• Servi Imagem

QUAL A QUANTIDADE DE CÁLCIO QUE O CORPO PRECISA

Principal responsável por conferir dureza e resistência à nossa estrutura óssea, o cálcio também é importante na troca de mensagens químicas entre as nossas células, assegurando funções vitais do nosso organismo como a coagulação do sangue quando nos ferimos, o funcionamento normal do cérebro, músculos, coração, entre outros.

Como é um mineral abundante no organismo, sua deficiência costuma ser notada apenas quando ossos e dentes estão enfraquecidos. Isso acontece porque, quando não há ingestão diária suficiente, o organismo extrai da estrutura óssea o cálcio necessário para preservar as outras funções vitais.

Se sua falta provoca problemas, o excesso também é maléfico, especialmente se partir de uma suplementação de cálcio sem prescrição médica. Para a maioria das pessoas, o ideal é suprir a necessidade diária de cálcio por meio da alimentação, pois, além do cálcio, os vegetais também são ricos em micronutrientes essenciais para a manutenção da nossa saúde.

Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, apontaram que, enquanto dietas ricas em cálcio são benéficas para o coração, a administração de cálcio na forma de medicamentos pode elevar o risco de acúmulo de placas de cálcio nas artérias (aterosclerose) e de complicações cardíacas. Por isso, o consumo desse tipo de medicamento — comum no tratamento de doenças reumatológicas, por exemplo — só deve ser feito mediante prescrição e acompanhamento médico.

A necessidade diária de cálcio varia de acordo com a idade. Em média, pessoas entre 19 e 50 anos precisam de 1.000 mg por dia, sendo que os valores necessários aumentam na adolescência, na velhice e na gestação.


Fonte: UNIMED


3 visualizações0 comentário