• Servi Imagem

POR QUE INTUIÇÃO PODE GERAR DECISÃO MELHOR QUE A ESCOLHA RACIONAL

Questionado sobre a fonte da sua genialidade, Albert Einstein (1879-1955) não teve dúvidas para responder. "Acredito em intuições e inspirações. Às vezes, sinto que estou certo. Eu não sei se estou", disse ele à revista norte-americana Saturday Evening Post em 1929. Einstein afirmou que era muito mais fácil confiar nessas intuições e verificá-las mais tarde do que descartá-las logo de saída. O físico estava longe de ser o único a adotar essa filosofia. Aparentemente, era também grande parte da estratégia de Coco Chanel. "A moda está no ar, nasceu aos ventos. Nós a intuímos", disse ela.

Você pode reconhecer essa sensação por si próprio. Seja visitando um novo apartamento, avaliando um possível novo emprego ou analisando a honestidade de alguém, você pode ter um palpite indescritível se algo está certo ou errado — e não conseguir definir as razões do seu julgamento. Pode ser tentador observar nossas intuições como uma espécie de "sexto sentido" misterioso, mas não é preciso apelar à paranormalidade para explicar a intuição. Nas últimas duas décadas, psicólogos e neurocientistas fizeram enormes progressos na identificação das fontes das nossas intuições e do seu papel essencial na nossa vida.



Fonte: UOL VIVA BEM


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo