• Servi Imagem

O CORAÇÃO DEPOIS DA COVID

Para quem sempre gostou de exercício, quando a covid-19 vai embora, acompanhando a volta do fôlego bate a vontade de calçar os tênis, correr no parque, dar braçadas na piscina, levantar halteres, pegar na raquete.

Não importa a modalidade, aliás, nem sequer importa se é um jovem atleta acostumado a treinar pesado ou se é uma pessoa que só fazia uma atividade mais recreativa: a ordem, consenso em sociedades de cardiologia do mundo inteiro, é esperar um pouco.

Quanto tempo? "Vai depender de cada caso, mas pode ser algo entre duas ou três semanas até seis meses", me explica a cardiologista Carisi Polanczyk, professora da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e chefe do Serviço de Cardiologia do Hospital Moinhos de Ventos, em Porto Alegre. Ela deu uma aula sobre as consequências cardiovasculares a longo prazo da infecção pelo novo coronavírus no CAAT Covid 19.


Fonte: UOL VIVA BEM


1 visualização0 comentário