• Servi Imagem

LENTES DE CONTATO: SUSPENDER O USO DURANTE A PANDEMIA?

Recentemente circularam nas mídias sociais rumores de que o uso de lentes de contato durante a pandemia de Covid-19 seria inseguro e que usuários de lentes de contato estariam em maior risco de desenvolver a doença, tendo que suspender o uso e utilizar óculos para se protegerem.

A crença de que isso seria verdade veio do isolamento do SARS-CoV-2 na lágrima (de forma infrequente) e de que o vírus conhecidamente é transferido através do contato com as mãos, podendo ser transferido às lentes de contato durante a colocação e remoção das mesmas.

Artigos mais recentes concluíram que o olho é raramente envolvido na infecção por SARS-CoV-2 e que o risco de transmissão através da lágrima é baixo. Até agora, não existe nenhuma evidência de que pacientes saudáveis estejam em maior risco de contrair Covid-19 se forem usuários de lentes de contato. Uma das infecções virais oculares mais prevalentes no nosso meio é a ceratoconjuntivite epidêmica, altamente contagiosa, que se espalha rapidamente através de contato direto, mas comprovadamente também não tem risco aumentado em usuários de lentes de contato se comparado com não usuários.

Outro vírus que é encontrado na maioria dos tecidos oculares é o HIV. O CDC reitera que o HIV não é transmitido através de saliva, lágrima e suor. É claro que existem diversas diferenças entre os vírus em relação a estrutura biológica, vetores e outros fatores mas o que temos de dados até agora não suporta o fato de que o uso de lente de contato seja um problema.


Fonte: Portal PEBMED


0 visualização0 comentário