• Servi Imagem

BRASILEIROS COZINHAM MAIS NA PANDEMIA

Na pandemia, tudo mudou de lugar para dar espaço a um novo modo de vida. A forma de se alimentar não ficou isenta do impacto do isolamento social. Uma pesquisa feita na USP (Universidade de São Paulo) avaliou como os brasileiros, de diferentes classes sociais e estados nutricionais, vivenciaram esse momento, afetado por aspectos psicológicos em relação aos seus hábitos e escolhas alimentares. Os dados mostram que eles cozinharam mais, diminuíram as idas aos supermercados e usaram mais serviços de entregas (delivery). Além disso, muitos deixaram suas dietas de lado.

Por que tantas mudanças? Para além das questões práticas, as emoções desempenharam um papel importante nas decisões. O processo das escolhas alimentares é complexo e sofre influência de fatores fisiológicos, genéticos, psicológicos, sociais e econômicos, com destaque para os aspectos emocionais, diz Carolina Fino, uma das coordenadoras da pesquisa feita na FMUSP (Faculdade de Medicina da USP).


Fonte: UOL VIVA BEM


3 visualizações0 comentário