• Servi Imagem

A IMPORTÂNCIA DA VITAMINA D

A vitamina D é famosa por regular o metabolismo de cálcio e fósforo no corpo, fortalecendo os ossos. Mas a sua atuação vai muito além disso: estudos mostram que a falta de vitamina D está associada ao maior risco de problemas cardiovasculares, tumores e doenças imunológicas e infecciosas.

Apesar dessa função da vitamina D tão importante, o corpo humano não é capaz de produzir o composto naturalmente - ele precisa ser induzido a fazer isso ou receber de fora. Um dos métodos mais eficazes é a exposição diária ao sol: a partir da ação dos raios ultravioletas, uma molécula da pele se transforma em vitamina D. Alimentos, como os peixes, também possuem essa substância em sua composição - mas ela corresponde a apenas 10% do que o corpo precisa para se manter saudável. Os outros 90% da vitamina D vêm mesmo da exposição ao sol.

Além de favorecer a saúde dos ossos, a vitamina D é essencial para vários outros órgãos. Ela atua no metabolismo e na produção de insulina, regula o crescimento e fortalece os músculos e o sistema cardiovascular.

Outro benefício da vitamina D é a ação no sistema imunológico, que possui receptores do nutriente. Combinados, o organismo fica mais preparado para defender o corpo de agentes externos, prevenindo doenças ou evitando que elas evoluam para casos graves.

No caso de gestantes, há evidências que apontam que a baixa taxa desse composto (situação comum nesse período) pode gerar hipertensão arterial e diabetes gestacional. Além disso, é preciso lembrar que a produção de nutrientes do feto depende exclusivamente da mãe.

A saúde mental é outra área beneficiada pela vitamina D. Um estudo publicado no Journal of Post-Acute and Long-Term Care Medicine, apontou que a falta dela pode aumentar em 75% o risco de depressão em pessoas idosas.


Fonte: CUIDADOS MIL


1 visualização0 comentário