• Servi Imagem

5 PASSOS PARA REEDUCAÇÃO ALIMENTAR

Além de ser fonte de nutrientes, a comida é também fonte de prazer e conforto. No entanto, uma função não pode se sobrepor à outra, sob pena de tirar a graça das refeições ou, no lado oposto, prejudicar o peso e a saúde. Buscar esse equilíbrio nem sempre é fácil, principalmente para aqueles que estão acostumados a consumir alimentos muito saborosos, mas com alta quantidade de sódio, açúcar, gorduras, conservantes e outros aditivos.

Esses itens nada saudáveis são, muitas vezes, apresentados à rotina das pessoas na infância e continuam sendo ingeridos com frequência, por terem sabor mais acentuado e serem mais práticos e rápidos – algo muito conveniente para uma vida corrida e estressante.

Neste momento, que nos deparamos com as doenças crônicas não transmissíveis: pressão alta, diabetes, elevação do colesterol e triglicerídeos, obesidade, entre outras, o que nos faz tomar consciência da importância de uma boa alimentação. O ideal é mudar o hábito antes que apareça qualquer um desses problemas, uma vez que alguns deles não são reversíveis. Mas a mudança não deixa de ser importante se o sobrepeso ou a doença já faz parte da sua realidade, já que uma boa alimentação pode controlar os riscos.

1 - Não deixe para amanhã;

2 - Veja o que está errado na sua alimentação;

3 - Vá com calma;

4 - Mastigue bem;

5 - Faça boas trocas.


Fonte: CUIDADOS MIL


0 visualização0 comentário